5.3.14

Sem fio à meada

In http://3.bp.blogspot.com/-olOwws0jR4M/TcGXOhWJhqI/AAAAAAAAAPw/4RUUzMLOjmk/s400/FIO_MEADA_AMARELO.JPG
Um filme na Capadócia, com gente rural e rude (ou, dir-se-ia, rude e rural), as reses adestradas com o cajado dos pastores com ar de rija têmpera e de grosseiro trato. Um burro ancião arrebenta os pulmões por carregar tonelagem acima da sua idade.
(Como idosos são os que frequentam, com diária assiduidade, os bancos do jardim a caminho da estação do comboio. Jogam à bisca suada, improvisando tapetes de jogo com o jornal da véspera, berrando contra a sorte dos parceiros, disparando soezes piropos às colegiais meninas que saem da escola, como se precisassem de mostrar a andropausa.)
((Por falar em escolas, passou na rua aquela careta feiosa de um antigo sindicalista dos professores, agora na respeitável pose de “perito de ciências da educação”. Mudam as casacas com os tempos e a espessura da idade transporta consigo a respeitabilidade que a rebeldia de outrora era desmentido cabal.))
(((Por artes da retórica, uns catedráticos de leis assinaram pareceres contraditórios e abespinham-se quando um plumitivo acena com a possibilidade da incongruência. Protestam com sonoros berros: é lá coisa que se faça, ó tamanho topete, lesar a palavra incontestável de um lente de leis?)))
((((Um juiz entra na sala de audiências atrasado e com notório odor a bebida. Nota-se-lhe a falta de banho. Cambaleia. A toga esconde os andrajos que foram motivo de motejo dos funcionários que o viram arribar ao tribunal, já a manhã se encaminhava para o pino do meio dia. A voz entaramelada lê a sentença. O arguido vai em liberdade. Não se provou que furtou cinco pacotes de bolacha Maria da carrinha de transporte escolar.))))
(((((À mesa do café onde tertuliam amiúde, os intelectuais encartados dissertam sobre a estética da bolacha Maria. Trocam erudição sobre teorias filosóficas que se amanham à serventia da bolacha Maria. Prosseguem pela noite dentro, defumados pelas nuvens densas de tabaco que acamam sobre a sala reservada do café. Um dos intelectuais liquida a peleja evocando um filme desconhecido do grande público, passado na Capadócia, que retrata com singular realismo a austera vida rural. As neves de inverno, aplacadas pelas peles de animais sobre os corpos dos pastores, enquanto eles se revigoram com pacotes de bolacha Maria que um turista holandês deixou para trás numa visita recente.)))))

Sem comentários: